domingo, 23 de novembro de 2008

Quem cozinha?!

Se você, com seus 18 anos, acostumado(a) com a comida da mamãe (ou do papai, como foi o meu caso), vai morar sozinho, o que acontece?!
Miojo, na certa, não é?!


Pois é, ao longo dos 3 anos em que tive sim que aprender a cozinhar (e adooro!), aprendi algumas receitas de miojo também!
Lá vai:


1. Deixe o miojo lá cozinhando, por 3 minutos, tire o excesso de água (na verdade, tire a água toda!), adicione uma colher de sopa de requeijão (misture bem!), depois você põe o tempero próprio do miojo! Pronto! Fica ótimo com um peitinho de frango frito no azeite temperado com molho de alho e pedacinhos de cebola!!!

2. Faça o miojo normalmente, sem acrescentar o tempero. Vai na geladeira, pegue o pote de plástico com carne moída que sua mãe mandou pra você. Agora, tire a água do miojo, e ponha a carne moida!!! Fácil, ?!

3. Faça o miojo normalmente, retire toda a sua água e ponha leite (não põe muito, não!) e depois acrescente o tempero! Pronto! Já pode comer!

4. Prepare o miojo normalmente, retire toda a água e ponha manteiga! Sim! Manteiga! Fica ótimo!!!

5. Prepare o miojo normalmente, retire toda a água. Em outra panela, ponha um pouco de molho shoyo, deixe esquentar um pouco (um pouco só, se não você vai fritar o miojo! E ele vai ficar duro!). Depois, jogue o miojo na panela e misture bem com o shoyo! Se preferir, também há a possibilidade de acrescentar umas rodelas de pepino!

Enfim... o que vale mesmo é experimentar e inovar!!! Sempre!!!

Frase da semana:
"Morar sozinha é ter vontade de comer uma banana, mas comer uma maçã, porque essa pode apodrecer primeiro!"

2 comentários:

disse...

asihduiashdiuahsd gostei da idéia do shoyu, vou fazer qqer dia desse. Essa semana eu fiz miojo com creme de ervilha e requeijão. ficou uma massaroca, porém boa ; D

Gabriel Poeys disse...

Miojo...por três anos se eu comer miojo vou ficar magrinho igual a que escreve esse blog!
vc podia botar umas receitinhas mais bacanas aqui, finas igual a vc, afinal vc é chique até pra comer uva no bandeijão.