domingo, 27 de setembro de 2009

Fala que eu te ajudo – se eu limpo você limpa também!

Bom, gente, minha querida leitora Luana está com problemas.
Me solidarizei muito com o caso dela, porque passei por uma situação muito semelhante: cheguei ao ponto de ter que pegar a louça suja que as minhas coleguinhas na época deixavam em cima da pia (ou lavavam mal e porcamente) e botar numa bacia dentro do tanque, na lavandeira.
Afinal, a cozinha era uma área comum a todas. E a coisa mais irritante do mundo é você querer usar a pia e ter milhões de coisas sujas dentro dela.
É, foi uma época muito tensa.

Mas o negócio é o seguinte: uma das pessoas que moram com ela não cumpre as tarefas domésticas, que são comuns a todos os moradores e foram previamente divididas.
E, como nossa amiga já tentou conversar numa boa (já que ela é uma futura psicóloga) e a coleguinha dela se fez de vítima – mandou até um “se todo mundo suja, por que eu tenho que limpar?” - precisamos de medidas drásticas!

Como faz, então?!

Luana, você pode combinar com os outros moradores da casa de ninguém limpar mais as coisas até que ela resolva reclamar. E, quando isso acontecer, vocês falam pra ela que, quando ela deixou de fazer a parte dela, acabou prejudicando todo mundo, ou, pelo menos, a próxima a limpar a casa, por exemplo, porque acumulou sujeira!

Há a possibilidade também de você conseguir o contato de uma faxineira e falar o preço da faxina pra sua coleguinha.
Chega avisando mesmo, fala: “Fulana, a faxina é tanto”, pronto.
E se ela perguntar, você fala, que se ela não quer dividir as tarefas da casa com vocês, que ela pague uma faxineira, então!
Mas deixe bem claro que o pagamento é por conta dela, ok?
Pronto! É só rolar um ultimato, que ela vai acordar pra vida.

E se, ainda assim, as coisas não se resolverem, se ela não se dispôr a conviver harmonicamente com vocês, sinto muito, mas acho que a ideia de procurar uma outra república pra você morar é bem válida mesmo...

E esse é um dos grandes problemas, que é extremamente comum, mais do que se pensa: pessoas mimadas e mal educadas.
Não adianta, sempre dá confusão.

Espero ter te ajudado, Luana!
Boa sorte!!!

18 comentários:

lennon disse...

po muito bom adorei teu blog

parabens pelo belissimo blog

abçs!!!

Anninha Rios disse...

Tute, já disse, virei tua fã.

Cara, muito sacal lidar com gente mimada e mal-educada! Tem gente que quer sair da casa da mamãe, mas quer viver cheia de pose, né?

Tem horas que a psicologia tem que ser duca(rai..) mesmo, viu? Não dá pra ter conversinha se a pessoa se defende, sabendo que tá errada.

Pra mim, o negócio é mandar A SUJINHA procurar outra república, se ela não tomar jeito!

Beijos!

Anninha Rios

carol sakurá disse...

Adoro esse blog!
O problema não são os monstros e sim as raposinhas que destróem nosso dia a dia.
Abs!

Carol Sakura

Thaty disse...

Tute querida, quantas vezes vc vai ao submundo e nem dou minha cara por aqui hein... Ai Ai... não tem desculpas... rsrsrs... Mas menina esse post faz eu lembrar de uma coisa... É por essas e outras que moro sozinha hahaha...

Querida mto obrigada pelas suas visitas, pessoas como vc, faz com que eu tenha vontade de escrever mais e mais...

Prometo vir aqui sempre.. Palavra de mulher solteira rsrs... Bjão

Quero uma vida clichê :) disse...

É por isso que penso que não daria certo: sou meio cri-cri com essas história de limpeza: gosto de tudo com um mínimo de organização. Sou tão paranóica, que não consigo deixar a minha louça suja. Dá uma gastura! Mas enfim!>.< Particularmente, acho bom demais estar em um lugar limpinho! Onde estamos denota logo quem somos!:)

Lú Silva disse...

Boas dicas Tute, vamos torcer para dar tudo certo agora!

bjos

O mundo de cada um disse...

É barril mesmo, estou passando pelo mesmo problema com a minha irmã, chego do trabalho cansado e tenho que lavar toda louça que eu nem sujei. Indiquei o seu blog numa postagem que fiz recentente de blogs que eu recomendo que sejam seguidos, se puder apareça lá e prestigie.

O mundo de cada um disse...

Esqueci de deixar o link da postagem, pardon.
http://uvirgilio.blogspot.com/2009/09/anuncie-blog-tres-motivos-de-se-tornars.html

Reyel disse...

Coisa difícil isso, né? Cada um que limpe sua sujeira, se tem saúde não tem desculpa.
Bjo e muita paz.

Lilian Maia disse...

Obrigada pela visita ao meu blog e espero que as dicas ajudem a vc ter uma vida mais colorida e feliz!!! O tema do seu blog é muito interessante!
Bjsssssss

Álvaro Neto disse...

Ei Talita parabens pelo blog!
Eu morei um tempo sozinho com meu irmao e minha irmã e ja foi complicada a convivencia, imagine como dever ser entao conviver com outras pessoas.
Otima a ideia desse blog-manual de convivencia/sobrevivencia!

Um beijão!!

LADY DARK ANGEL disse...

ei tute muito obrigada pela ajuda
mas ta td acertado ,mas vou me mudar em breve,mas num foi q aconteceu uma coisa engraçada eu disse simpleste "q eu estava me mudando pq não tava dando certo pra mim lá".A menina em questao(meio q amiga d adolescencia)deve ter entendido o recado pois ela limpou o fogão e a geladeira,mas ainda to firme na idéia d mudança,as coisas não mudam dagua pro vinho,mas enkuanto vou ficar observar,obrigada querida por tudo

bjossss

Guarda-Chuva Vermelho disse...

Noossaaaa.
Pior que é verdade mesmo, aqui na minha família mesmo, quando agente sai pra viajar tudo junto vira um auê ;~

Beijos

WiLL disse...

uahuha da hora curti u blog

[ www.ramelaum.com ]

Déia disse...

Aff.. mas tem gente que é folgada mesmo, né?
Como é difícil lidar com quem não tem o botão do simancol kkkk

Adorei o post!
Se n quer lavar, pague! rs
bj

Cristiano Contreiras disse...

Olhe Tute, seu blog tem uma temática, conceito e estilo que é raro se observar por ai! Muito criativo, ainda que simples. Voltarei mais, sempre. Mas, já sou novo seguidor aqui, abs

Olhos e pensamentos disse...

ontem tentei postar no seu outro blog o dia todo e nada, amei o layout do seu blog, agora q pensei em vir conhecer esse ( Dãa) vou fuxicar ele todo rsrsrs
Amei a visita, estarei sempre aqui..bjs

flávia disse...

Cada um que faxine a sua bagunça.afffee!!!

bjs